Viewing entries tagged
tteok

Você já experimentou tteok-mandu-kuk?

AVISO: Este post contém linguagem imprópria para menores.

Semana passada, um amigo coreano chegou para mim e falou: "Vi uma reportagem sobre o Brasil na TV e aprendi uma expressão em português!". Eu: "Ah, é? Que expressão?". "Tomá no **!". Eu fiquei perplexo. Tentei imaginar por que motivo o sujeito aprenderia tal expressão num programa de TV.

Depois até esqueci do assunto, mas no fim de semana conversamos sobre isso com o Juliano, que parece ter visto o programa, e explicou sobre o que era. É que tem um prato coreano que se chama tteok-mandu-kuk (떡만두국), mas quando se pronuncia rápido, soa exatamente como "tomá no **".

Tteok (떡) é o bolinho de arroz, que inclusive vão comer muito aí no Ano Novo Chinês que está por vir. Mandu (만두) é um tipo de pastelzinho que se vende em todo lugar, cozido ou frito. Eu mesmo sempre como aqui em casa. E kuk (국) significa "sopa". Ou seja: tteok-mandu-kuk é uma "sopa de tteok com mandu". Agora, imagina a confusão que isso não deve dar nos restaurantes coreanos no Brasil?

É sobre isso que o tal programa fala. O Juliano achou o vídeo no Youtube e compartilhou pelo Twitter. Notem como eles repetem e repetem e repetem a expressão sem o menor pudor, já que para eles não faz sentido nenhum.


E você? Já experimentou tteok-mandu-kuk? ^_^

Feliz Chuseok!

Hoje é feriado na Coreia, o Chuseok (추석). Na verdade o dia do Chuseok mesmo é amanhã, dia 2 de outubro, mas aqui não se trabalha nem no dia antes nem do dia depois desse feriado. Na verdade, a data segue o calendário lunar: dia 15 do mês 8, de modo que em cada ano cai em uma data diferente. E neste ano o pessoal ficou triste porque caiu num sábado. Bom seria cair na quinta, para emendar de quarta a domingo!

Mas afinal, o que é o tal do Chuseok?

Sua origem é incerta, pois já é celebrado desde o Reino Silla (57a.C.-935d.C.). Mas o que dizem por aqui é que o Chuseok começou com as celebrações da Lua da Colheita, quando as famílias se reuniam para venerar seus antepassados e agradecê-los pela fartura do que colheram.

Na Coreia moderna, que deixou de ser um país de pequenos agricultores, a ideia da colheita ficou de lado, mas a reverência aos antepassados permanece forte. Eles se reunem na casa de seus pais, e na manhã do feriado fazem um banquete típico, com muitas frutas e tteoks (떡, ou "bolinhos de arroz"), que neste dia é também chamado de songpyeon (송편). Nessa hora eles relembram seus antepassados - principalmente aqueles que eles conheceram, mas que já se foram, como avós ou bisavós - e prestam-lhes homenagens. Muitos também vão aos túmulos levar flores.


Banquete típico da manhã do Chuseok



Songpyeon, o bolinho de arroz do Chuseok

O interessante é que, para nós, isso pode parecer um "Dia de Finados" católico, que tem sempre um tom muito triste. Mas para os coreanos o clima é mais de reverência e gratidão. Eles até jogam alguns jogos com a família ou fazem danças típicas que variam de acordo com a província.

Feliz Chuseok para todos! 추석 잘 보내세요!