Viewing entries tagged
festival

Um cadinho de tudo

Vendi meu computador, meu companheiro de jornada coreana. O comprador foi o Carlos, outro brasileiro que estuda na Universidade Nacional de Seul. Eh por isso que agora estou numa PC Bang e escrevendo sem acentos, cedilhas e afins. Assim como foi no principio, agora e ate eu comprar outro notebook.

Essa postagem eh soh para dar uma pincelada em algumas coisas de ultimamente. Nao tive tempo de editar videos bonitinhos e borboletantes, entao aih vaos algumas cenas que a Agatha e eu gravamos recentemente.

Ja que mencionei o Carlos, primeiro vai uma cena com ele no fim de semana passado, numa lojinha de bugigangas coreanas, onde ele comprou uma tonelada de lembrancinhas para a familia, ja que esta voltando para o Brasil na quarta. Como se trata de um mineiro-mineiro (eu), um mineiro-paulista (Juliano) e um fluminense-gaucho (Carlos), ao ver chapeus de palha e ouvir a musica de fundo da loja, simplesmente nao resistimos.

http://www.youtube.com/watch?v=cNO8_55tidg

Esse outro video gravei numa otica onde o pessoal parou para fazer exames de vista (aqui os exames sao feitos pela maquina do cara da otica mesmo) e comprar oculos novos. Como estou satisfeito com meus "oclinhos", enquanto eles liam as letrinhas miudas eu fiquei esperando meia hora sentado na frente desse computador com um protetor de tela de um grupo K-pop chamado 소녀시대 ou Girls' Generation. Com umas coreaninhas dessas dah pra se distrair por um bom tempo.

http://www.youtube.com/watch?v=-hJ_1vthcgw

Aqui vai tambem um videozinho do nosso futebol de domingo. Essa foi a ultima partida dos estrangeiros contra os coreanos, e tomamos uma lavada, porque nossos artilheiros furaram e eu, o "Goncalves frangueiro" (segundo a Erica), joguei de goleiro a maior parte do tempo. Esse campo foi feito ha poucos dias e fica atras do nosso dormitorio. Aqui na Coreia, nao sei bem o porque, mas muito comumente nao usam gramados para jogar futebol nas escolas. Vai na terra assim mesmo. Acho que eh pra economizar na manutencao.

http://www.youtube.com/watch?v=I7G5b4HfgR4

E para terminar, dois videos do Festival da Universidade de Cheongju, do inicio desse mes. Eu tava muito ocupado vendendo brigadeiro e fazendo caipirinha adaptada (tipo um suquinho de limao com gelo...rs), entao nem filmei nada. A papparazzo da vez foi a Agatha, confiram. Beijo pra todo mundo!

http://www.youtube.com/watch?v=l_4CWVIXWac

http://www.youtube.com/watch?v=dPrNv9Qz6cs

Festival das Lanternas, Aniversário de Buda

Domingo fomos para a beira do rio de Cheongju para participar do Festival das Lanternas Lótus, que inicia uma semana de festanças para o aniversário de Buda, que neste ano será dia 2 de maio. Digo neste ano, porque a data é de acordo com o calendário lunar chinês (dia 8 do quarto mês), então em cada ano do calendário gregoriano, o aniversário cai em uma data diferente.

Estou postando um vídeo para que as imagens digam por si. Mas saibam que moro em Cheongju, cidade que segundo as más línguas de Daegu e Seul, é um vilarejo... (vilarejo de 600 mil habitantes!). Lembra-me um pouco dos desfiles do interior das Minas Gerais, com bandinhas da cidade, as velhinhas cantando, e o pessoal participando de um jeito ou de outro. Da mesma forma o festival aqui é bem simples, principalmente comparado com a grandiosidade das festividades de Seul, como foi bem ilustrado no blogue da Denise, o "Síndrome de Estocolmo". No entanto, mesmo com muita simplicidade, é possível ter uma noção do significado da festa e pode-se conhecer mais da cultura coreana nas cidades menores. As pessoas que participaram estavam todas muito à vontade, e foram superacolhedores com a gente.

Pipa, Kimpab e muita música!

Depois de uma semana ausente, estou de volta. Tava dando preguiça de postar porque eu estava sem computador. Mas agora tenho meu laptop, com acentos e tudo mais. Essa foto aí é de uma pipa que fizemos na semana passada. Ainda não fiz o teste pra saber se ela voa. Parece ter mais varetas do que papel, o que desafia um pouco a lei da gravidade. Mas se falaram que voa é porque deve voar mesmo.



Depois deram ensinaram a gente a preparar Kim-pab. É um rolinho de alga com arroz grudento e umas tirinhas de legumes, ovo, queijo, presunto e o que a sua imaginação quiser. Gostei porque não é apimentado, mas também não é lá essas delícias não. O divertido mesmo foi prepará-lo! Nesse mesmo dia eu saí com a Briza e o Myung Chul. O cara é muito gente fina! Mas eu fiquei segurando vela... hehe.


No domingo fomos a essa igreja. É uma igreja presbiteriana bem grandinha. Eu, claro, não entendi nada de nada. Só entendi "aleluia", "amen" e "yesu kristo". Fomos eu, Briza, Myung Chul, Kuma (uma indiana hindu que foi porque tava à toa) e o Hugo (do Paraguai, que também foi porque não tinha nada pra fazer). A pregação deve ter sido boa, porque o pessoal tava rindo. Se não foi consistente, pelo menos engraçada deve ter sido.

Depois fomos a um karaokê aqui pertinho. Os coreanos são viciados em karaokês. O lugar é uma breguice sem tamanho! Mas foi muito divertido! Eu mandei ver no U2 e umas músicas em espanhol, já que música brasileira não tinha.

Isso aí foi no Festival de Dança Coreana que teve aqui em Cheongju anteontem. Não pudemos tirar fotos durante o espetáculo, mas depois eles chamaram os estrangeiros da platéia para tirar fotos com grupo. Achamos muito bonito, mas algumas apresentações individuais dão sono. São movimentos muito lentos e delicados, tem que ter paciência pra ver. Eu gostei dos que mandaram ver na batucada. Tinha hora que ficava parecendo coisa de brasileiro. Os caras são muito bons no tamborzinho deles.

Hoje eu tô meio sem vontade de escrever. Postei agora só porque tinha tempo que não escrevia. Depois costuro melhor minhas idéias e experiências por aqui.