O Papai Noel se comportou bem esse ano: ele me deu um drone de presente de Natal! Não é o que eu chamaria de melhor época do ano pra ganhar um brinquedo que só se usa a céu aberto, quando as temperaturas despencam. Agora fico lá fora brincando com as mãos congeladas, pra não perder tempo! Sabe como é criança quando ganha uma bicicleta nova, e até coloca ela no quarto só pra ficar olhando pra ela antes de dormir? Ou quando ganha um cachorrinho, e fica doido pra acordar cedo no dia seguinte pra brincar com ele? Sou eu assim com meu droninho.

A "sorte" é que a bateria só dura no máximo 25 minutos e, como tenho duas, a atividade fica saudavelmente restrita a menos de uma hora por vez. Suficiente pra me livrar de uma hipotermia.

Mas espia só o vídeo que fiz ontem aqui perto de casa. Além de um parque gigante, tem essa pracinha (que aqui chamam de parque também), cercada de predinhos de no máximo 3 ou 4 andares. A Ji Young fez suas graças enquanto eu captava cenas da pracinha à igreja católica do bairro, por sinal bem grandinha.

Criei um canal só para esses vídeos pra eu poder encher de filmagens aéreas nada-a-ver quando der. Mas, quem quiser, fique à vontade pra acompanhá-lo.

Abraço e bom sobrevoo! :)