Uma pergunta que recebo frequentemente é sobre moradia na Coreia. O vídeo acima ensina as palavras mais comuns dos tipos de casa que a gente encontra por aqui, mas vale lembrar que o sistema de aluguel é bem diferente do Brasil.

Basicamente, para alugar uma casa na Coreia você precisa ter uma quantia para dar um depósito de segurança, que normalmente é bem mais alto do que a gente gostaria que fosse. Esse depósito se chama 보증금 (pô-djung-gum). Digamos que você queira morar numa quitinete em Seul. Pelo sistema de aluguel mensal, chamado de 월세 (wór-sê), você pagaria, por exemplo, 500 mil wons (500 dólares) por mês + um depósito de 10 milhões de wons (10 mil dólares), que é devolvido para você no final. Em muitos casos, você pode aumentar o valor desse depósito, e assim diminuir o valor do aluguel, podendo até chegar ao ponto de pagar, por exemplo, 100 milhões de wons (100 mil dólares) e não precisar pagar aluguel. Esse sistema se chama 전세 (jón-sê), e funciona pelo princípio em que o dono do imóvel usa essa grana para aplicar em algum fundo, e depois devolve para você sem correção.

O 전세 é o método preferido pelos coreanos, mas cada vez mais os jovens têm tido dificuldade em juntar tanto dinheiro, o que tem levado muitos a pegar dinheiro emprestado no banco para poder pagar o depósito.

Portanto, se você vem para a Coreia por conta própria, tenha isso em mente. Existem algumas opções sem depósito, mas essas são mais escassas, e provavelmente o apartamento não vai ser lá muito bom.