Conversamos com Carlos Gorito, um dos seis novos participantes do programa "Abnormal Summit" (비정상회담), ou "Cúpula Anormal", em português. Para quem não conhece, a ideia do programa é promover debates entre estrangeiros que vivem na Coreia e falam coreano, imitando o estilo da ONU, porém de forma bem descontraída. Os debates são conduzidos por comediantes coreanos, mas apesar do toque de humor e palhaçada, os temas normalmente são sérios e envolvem os países dos participantes. 

Carlos estreou no dia 6 de julho deste ano (2015), contribuindo para elevar o nível da audiência do programa ao se envolver num debate caloroso com o participante egípcio. Os dois trocaram farpas sobre a suposta fama de que homens brasileiros são mulherengos (segundo o egípcio), no que Carlos rebate dizendo que isso não é uma questão de nacionalidade, e também que "no Brasil as pessoas são livres para fazer suas escolhas, enquanto no Egito eu não tenho tanta certeza."

O programa é exibido no canal de TV a cabo JTBC, mas pode ser visto também ao vivo através

desse link

todas as segundas-feiras às 23h (horário de Seul) ou às 11h (horário de Brasília).