Depois de assistir ao vídeo dessa aula, é importante ressaltar que saber usar essas partículas, apesar de serem tidas como um conceito básico da gramática coreana, não é fácil. Isso porque para nós, falantes do português, o significado que elas implicam é muito sutil e abstrato. O português utiliza outros recursos para enfatizar, e não temos as tais partículas para ajudar.

Porém, que fique claro que: 은/는 pode ser usado em muitíssimos casos, e às vezes até em duas palavras na mesma frase, quando se enfatiza duas coisas ao mesmo tempo. Já 이/가 é só mesmo usada com o sujeito e, apesar de dar uma certa ênfase, o sentido de contraste é muito maior com 은/는 do que com 이/가.

Os exemplos dados no vídeo foram uma maneira de tentar colocar as ideias numa caixinha. Mas, como sabemos, as línguas são muito mais ricas do que isso, e a verdade é que o uso dessas partículas é muito mais flexível. Para iniciantes, contudo, é bom começar com as regrinhas, e depois ir aprendendo aos poucos todas as outras possibilidades.

Se tiverem dúvidas específicas sobre o vídeo ou o uso de 은/는 e 이/가, escrevam nos comentários e vamos tentar responder.

Abraço e bons estudos!