Não sei explicar o desânimo que dá ao ler as notícias sobre a onda de violência no Brasil. Não adianta dizerem que os bandidos estão revidando porque a polícia tá prendendo geral, porque esse é o argumento desde 2006 (que eu me lembre). Parece que fica cada vez mais evidente que crescimento econômico nos moldes que desenvolvemos não é o suficiente para tirar as pessoas da criminalidade.

Aqui na Coreia a história é bem diferente. Não dá pra comparar: o país é praticamente uma ilha, pois pela fronteira entre as duas Coreias não passa nem passarinho. Eles não têm uma fronteira de 15.700km para vigiar a entrada de armas e drogas. A polícia deles nem é lá grandes coisas. Eles não apostam em grandes delegacias em grandes regiões, mas sim pequenos postos policias em pequenas regiões, com o mínimo de equipamentos. Como o índice de criminalidade é relativamente baixo e o posto policial com certeza está próximo, se você liga para a polícia eles chegam muito rápido. Eu sei porque já fui roubado aqui e contei no De Prosa do endereço anterior. Não demorou 5 minutos para chegarem.

 
Posto policial em Myeongdong: um carro, uma motoca, e meia dúzia de policiais, responsáveis por uma pequena área. Pra quê mais?

Não sou especialista em segurança pública, mas como todo mundo, dou meus pitacos. Polícia, pra funcionar bem, não precisa de grandes delegacias para mostrarem seu poder. Ela tem é que ser útil e rápida num raio pequeno, onde as pessoas sabem que podem contar com ela. Essa história de motoqueiro que atira e foge, se você tem pequenos postos espalhados num mesmo bairro, fica mais fácil pegar o bandido.

Já no caso de grandes operações, a polícia coreana é eficiente no melhor estilo Lee Myung-bak. Sua "tropa de elite" é bem treinada, mas enche o saco sempre que o povo quer protestar. Esse vídeo mostra um treinamento deles. Acreditem, os coreanos raramente ficam tão violentos que seja necessário o uso da força, por isso essa tropa é vista como um exagero de um governo que coíbe protestos. E no caso de operações mirabolantes, tem um vídeo antigo ainda rodando na internet com uma cena do que dizem ser a polícia coreana tentando entrar num prédio por cima...

E daqui sigo lamentando a situação do nosso Brasilzão, torcendo para que as coisas melhorem de verdade.