Passando um espanador no blogue. Mês passado tirei uma semaninha da minha vida montanhesa em Ainaro, no Timor-Leste, e fui à Coreia, meio que como turista. Com a agenda programada para ir a lugares em Seul que eu não conhecia, foi mesmo como se eu não conhece a cidade onde morei. Claro que fui aos lugares dos quais sempre gostei, mas desta vez me deu aquela sensação de que apesar de tão compacta, há sempre algo a se conhecer na Coreia. Ou os mesmos lugares, em estações diferentes, são lugares diferentes. Foi assim quando fomos à Namsan Tower. Por algum motivo eu só tinha ido lá quando o tempo não estava muito bom. Mas desta vez o céu estava quase tão azul quanto o das manhãs timorenses.

Pensei em postar todas as fotos de uma vez para fingir que o blogue não está na UTI, mas como são muitas, achei melhor ir postando aos poucos. Abaixo então vão algumas que tirei na Vila Tradicional Bukchon, que fica perto do Palácio Gyeongbok. Eu já tinha ido várias vezes ao Gyeongbok e ao Changdeok, mas nunca a Bukchon, que é um bairro que fica no meio. Lá as casas foram preservadas no estilo tradicional, apesar de ser um bairro mesmo, onde as pessoas realmente vivem. Um passeio naquelas ruelas numa tarde ensolarada de outono, como fizemos, é simplesmente ótimo!

Início da subida

Gosto das janelas e das cortinas nessas casas

Detalhes nas telhas

Céu azul

Ainda não decifrei essa escultura no telhado

Um pequeno museu no meio da vila

Porta de uma casa. O peixinho indica que os moradores são cristãos

Eu, sentado à porta de uma casa de chá

Café