Hoje é "dia vermelho", como frequentemente chamam feriado aqui. Dia das Crianças! Êêêêê! Mesmo depois de crescidinho eu sempre gostei desse dia por um motivo simples: é o meu aniversário. Não hoje, mas o Dia das Crianças no Brasil. Aliás, depois que cresci eu passei a gostar mais desse dia do que quando era criança, porque na minha contabilidade pueril, ganhar só um presente quando eu deveria ganhar dois era a maior injustiça do universo adulto para comigo. Afinal, todos os meus amiguinhos ganhavam presentes no mesmo dia que eu! E como era o dia em que todos os tios e tias estavam quebrados, o que sobrava de cueca pra mim não era brincadeira...

Por isso, passar um feriado de Dia das Crianças sem ser meu aniversário é estranho. Ainda mais tendo que passar o dia lendo lendo dez artigos de 30 páginas cada... Olhei pela janela da sala de estudo: sol e muitas flores. Olhei pra cara de desespero de alguns colegas que também se matavam de estudar: "Tá bom, pessoal! Hora do recreio! Todo mundo já pra fora pra curtir o órini-nal (Dia das Crianças)!"

Infelizmente não tava com minha câmera profissa, mas tirei umas fotos do celular.

Sou um baby ajoshi!
Calcula-se a idade de uma ajumma pelo tamanho da aba do boné.
A menina de rosa não gostou muito da ideia de tirar foto comigo. A de saia de bolinha tava cheia de dinheiro que ganhou!

Ji Yeong e Ji Young (mesmo nome, com romanização diferente)

Eu pedi pra tirar foto com o filho dele, mas ele quis sair também. "Kimchiiii!"

Dia de piquenique com a família toda!

Tenho que  verificar pra ver se tô com a Ji Young certa.

Coreano bate palma se você conta alguma coisa engraçada :D

Tô pensando em virar vetríloco.

Tá vendo a moto na esquerda? É de algum entregador de comida. Os caras se acham pedestres: dirigem na calçada, atravessam pela faixa, etc. Esse aí circulava livremente pela praça, aí um guardinha viu um moleque de uns 7 anos andando de bicicleta no mesmo lugar e foi lá encher o saco: "Aqui não pode!". O motoqueiro pode.

Nessa época o país todo fica mais cor-de-rosa!

"Sasege Gwanjang"

"Será que pintaram pra ficar tão rosa-choque assim?"

Um dos lugares mais agradáveis pra se descansar no campus.
E para terminar, um pequeno vídeo que gravei no celular. Vi um garoto comendo as flores e perguntei o que era. Segundo ele, tem um "caldinho" com gosto de mel dentro dela. É o meniiiiiiiiinooo beeeeijaaa-flooooorrrrr!!!