Como eu já previa, foi só o semestre letivo começar que a frequência de postagens caiu. Outro dia um aluno reclamou para um professor, dizendo que que tava muito difícil. Ouviu o que não queria: "E você esperava que um mestrado fosse mais fácil que a graduação?" Então, vocês aí, deem um desconto quando eu sumir, hein! :)

Ó só, hoje vou fazer um post mais visual e misto. Um misto de bizarrices, ou apenas coisas interessantes, que tenho visto por aqui e registrado.

Vou começar com umas imagens que tenho tuitado, e que resolvi postar aqui também. Às vezes eu me sinto um cara chato e conservador quando faço piadas sobre a moda coreana e sua relação com o cor-de-rosa e coisas "fofas". Então, desta vez, vou tentar ficar mais quieto e deixar apenas que vocês observem o interessante vestuário daqui.

Essa foto eu tirei numa loja da estação de Gangnam, em Seul. Um cartaz dizia "roupas íntimas para o casal em lua-de-mel". Um amigo coreano, fuçando nas minhas fotos, perguntou o porquê de eu ter tirado essa foto, e eu disse que a cueca rosa com coraçõezinhos era "curiosa". Ele fez cara de interrogação e me achou um cara estranho.

Um cara e sua namorada (bom, eles estavam de mãos dadas antes de eu tirar a foto). Tirando a calça a vácuo, a botinha com salto, a bolsa gigante e o guarda-chuva de bolinha... tudo normal. 

Essa foi ontem no campus. É normal você ver pessoas aqui bem vestidas, só que com chinelão "ryder" e meia. Mas precisava ser terno e chinelo cor-de-rosa?
...........................................................................

A próxima foto eu estou postando, atendendo a um pedido de alguns meses atrás. Uma brasileira veio pra Coreia e leu meu blogue de cabo a rabo. Qual não foi sua surpresa ao chegar aqui e se deparar com esse tipo de privada em todo lugar! E ficou indignada porque eu não tinha comentado isso aqui! Numa cultura em que o povo agacha e senta no chão o tempo todo, agachar para "fazer uma arte barroca" é super normal. Claro que as privadas convencionais estão cada vez mais comuns, mas eu diria que essa aí ainda tem muitos adeptos pelas bandas de cá.

Me diz como é que alguém "corta o rabo do macaco" e faz palavras cruzadas com uma privada dessa?
..........................................................................

A próxima foto é meu "Blackout Korea" particular. Não tem muita graça, mas é só pra lembrar que na Coreia você pode apagar em QUALQUER lugar que ninguém liga.

..............................................................................

A seguir, um vídeo no Home Plus. Tá, eu já falei dessas dancinhas aqui antes. Mas dessa vez consegui ser mais discreto para gravar e peguei uma cena da "superempolgação" das vendedoras tendo que dançar a musiquinha. Acho que a ideia é fazer com que as pessoas comprem os produtos de dó delas.

..............................................................................

E, por fim, a bizzarice mais bizzara de todas: o program de TV em que apareci no dia 24 de fevereiro, na KTV. Antes de assistir, é bom saber algumas coisas. O tema do programa (Upgrade Korea) era "Etiqueta Global". É que como a reunião do G20 em novembro vai ser aqui na Coreia, o governo tá lançando várias campanhas na TV para conscientizar o povo a ser mais educadinho com os estrangeiros. Me chamaram para participar e eu topei, mas o chato é que eles insistiam que TINHA que reclamar de alguma coisa. Pior: tive que fingir várias coisas, como dar uma de retardado e deixar uma porta bater na minha cara, ou fingir coçando a cabeça no ponto de ônibus porque "não sei ler em coreano". Enfim, a ideia é até válida, mas a montagem foi bem infantil. Então curtam o reclamão brasileiro aí! E já me despeço. Abraços!