Amanhã é feriado aqui na Coreia. O que significa que minhas aulas só começam na terça! Uhuuu! Um último suspiro de vagabundagem pra gente. ^^

E por causa desse feriado, olha só como estão muitas ruas do país:



Notou alguma coisa um pouco coreana demais? Você não acha que uma bandeira nacional a cada 30 metros é um exagero não? Bom, nacionalismo é uma coisa que brasileiro não entende mesmo. E o que a gente acha que é nacionalismo brasileiro a cada quatro anos, é, na verdade, "copa-do-mundismo", algo muito diferente do sentimento da turma do lado de cá.

Os símbolos nacionais na Coreia têm uma força muito maior que a minha cabeça consegue absorver. É como se o país inteiro fosse uma família gigante. Praticamente as mesmas comidas, os mesmos costumes, a mesma língua, a mesma cultura e a mesma raça no país todo. (Essa parte da raça eu discordo da minha própria frase, porque acredito que esse pessoal é muito mais misturado do que alega ser. Só que como isso não visível na cara deles, jogam pra debaixo do tapete e fingem que todo mundo descende de um único ser coreano que desceu do céu. Mas esse assunto não tem conclusão... voltemos ao feriado)

O feriado de amanhã se chama Samil Undong (삼일 운동) ou Samil Jeol (삼일절), que significa "Movimento de 1º de Março". Ele remete a um evento que aconteceu em 1º de março de 1919, quando a Coreia estava sob o domínio japonês. Um pessoal se juntou em Seul e "declarou" a independência da Coreia, baseados no princípio da autodeterminação proclamada na Conferência da Paz de Paris. (fonte)

Resultado: a japorongada desceu o cacete em todo mundo que viu pela frente! Cerca de 7 mil coreanos foram mortos e muitos outros foram presos. Assim como a Inconfidência Mineira no Brasil, essa foi uma tentativa frustrada, mas que ficou marcada na história do país pela coragem dos que lutaram.

Por isso, tanto no dia 1º de março quanto no dia 15 de agosto, bandeiras nacionais são espalhadas em praticamente todas as ruas da Coreia. O dia 15 de agosto é comemorado porque foi nesse dia, em 1945, que o país se tornou de fato independente do império japonês. Só não esperavam sair do espeto para cair na brasa, com o início da Guerra da Coreia em 1950, que resultou na atual divisão geográfica, política e ideológica da nação coreana.

Abaixo vão mais algumas fotos das ruas aqui perto de casa e em Seul. Bom Samil Jeol pra vocês!

No centro de Yeongtong-dong

Em frente ao Parque Meia-Lua (반달공원)


Saída 6 da estação de Gangnam em Seul