Tchauzinho, Ano do Touro. Amanhã é o Ano Novo Lunar (ou Ano Novo Chinês), e esse que inicia é o Ano do Tigre. Lembro que quando a minha professora explicou essa coisa toda do horóscopo chinês, o pessoal que nasceu no ano do Tigre ou do Dragão ficava de sacanagem com quem nasceu no ano do Porco ou do Rato, por exemplo. Eu nasci no ano do Rato, e pra mim isso não faz diferença alguma. Mas já que era pra disputar, meu argumento era simples: os tigres estão ameaçados de extinção, dragões não existem (a não ser uns lagartões na ilha de Páscoa que chamam de "dragão"), e enquanto isso porco e rato tem em todo canto do mundo. Os ratos são ainda mais bem-sucedidos, já que que porco nasce pra virar bacon, mas os ratos se multiplicam aos milhões nas cidades.

Para quem não entende como funciona o tal do horóscopo chinês, saiba que eu tampouco! O que sei é que diferentemente do zodíaco, que são 12 signos por ano, o horóscopo chinês é composto por 1 signo por ano num ciclo de 12 anos. A ordem é a seguinte: Rato, Touro, Tigre, Coelho, Dragão, Serpente, Cavalo, Carneiro, Macaco, Galo, Cão e Porco. Como estamos começando o ano do Tigre, faça as contas aí pra saber em que ano você nasceu.

Selo comemorativo do Ano do Tigre

O legal é que no Ano Novo Coreano, também chamado de Seollal (설날), as famílias costumam vir de longe para se reunir. Se você não reservar passagem com muuuuuuiiiita antecedência, não consegue ir pra lugar nenhuma na Coreia. Neste ano, o Ano Novo mesmo é dia 14 de fevereiro, mas eles contam como feriado o dia anterior e o posterior, por isso quem tinha que viajar já viajou, para ir para a casa de seus familiares. Como muita gente mora na região de Seul mas veio de outras regiões da Coreia, hoje Seul parecia uma cidade fantasma, comparando com dias de movimento normal.

Algumas coisas que os coreanos fazem no Seollal, dependendo da família:

- Vestem hanbok (roupa tradicional coreana);
- Fazem um ritual aos ancestrais chamado charye (차례);
- Comem tteokguk;
- Jogam jogos como yutnori (윷놀이), jegichagi (제기차기) ou empinam pipa;
- Os filhos fazem sebae (세배) para os pais.

Eu disse "dependendo da família" porque há fatores que mudam os rituais do Seollal: se a família é mais tradicionalista ou não, e também se é cristã ou não.  Eu, particularmente, acho o sebae uma das coisas mais bonitas na cultura coreana. Sempre que vejo jovens se prostrando para honrar seus pais ou avós eu acho o máximo. Mas muitos não fazem isso só para honrar seus pais: em troca os mais velhos sempre dão uns bons trocados para os jovens no Seollal!

Como não sou coreano, é muito difícil eu participar de um legítimo Ano Novo Coreano, já que é algo tão íntimo e tradicional. Pensando nisso, uma associação que ajuda estudantes estrangeiros que vivem na Coreia nos levou hoje para comer tteokguk, pra gente não se sentir tão abandonado nesse feriadão.


Só que quando o tteokguk chegou é que vi: era, na verdade, tteokmanduguk, aquele cuja pronúncia parece palavrão em português! Pois é, hoje eu tomei. A sopa né.

Feliz Ano do Tigre pra vocês! ^_^