Atendendo ao pedido da Thaís, que me enviou os vídeos abaixo, vou falar um pouco sobre o exército sul-coreano e como os jovens o vêem. Para quem não sabe, aqui na Coreia o serviço militar é obrigatório para todos os homens e dura 2 anos. Isso porque reduziram um ano, pois antes o tempo obrigatório era de 3 anos.


O motivo é óbvio. Apesar da "tranquilidade" que vivemos aqui na Coreia do Sul, um acordo de paz ainda não foi assinado com a Coreia do Norte, que por sua vez tem um dos maiores exércitos (em número de homens) do mundo. Se desconsiderarmos capacidade tecnológica e bélica, e sem interferência de nenhum outro país, uma guerra entra as duas Coreias que acontecesse "à moda antiga" - corpo a corpo - daria a vitória à Coreia do Norte, sem sombra de dúvida.


Por isso, os coitados dos coreanos entre 20 e 30 anos são os que mais sofrem. Literalmente perdem 2 anos da sua vida para garantir a segurança do país. Eu não sei com detalhes as regras para o serviço militar: quem é isento, quem pode adiar o alistamento, etc. Me disseram que quando o sujeito está na universidade ou estudando no exterior, ele pode adiar o serviço. Mas inevitavelmente terá que pagar seus 2 anos, como todos os outros homens.


Muitos desses cantores de K-pop atingem o seu auge de sucesso justamente quando estão na iminência de servirem as forças armadas, e portanto procuram se matricular em alguma universidade só para prolongarem sua fama ao máximo antes de passarem pelo dolorido processo de "machificação" (virar "macho"!).


O fato é que nunca conheci um só coreano que queira servir o exército voluntariamente. E os que já serviram, unanimemente dizem que foram os piores dias de suas vidas. É lógico que essa "pesquisa" é baseada nos coreanos que conheço, e com certeza tem doido pra tudo.


Abaixo vocês podem ver fotos e vídeos sobre o treinamento pelo qual os soldados coreanos passam no inverno congelante da Coreia. Virou notícia até no Brasil, de tão absurdo que parece ser.



Olha a alegria das crianças!



Numa dessa, ou o cara vira homem ou sai do armário e solta a franga!





Na verdade, não são todos os soldados que passam por esse treinamento na neve. Essas fotos são apenas do Comando Especial de Guerra. Dizem que o objetivo é preparar os homens para ambientes extremos, como o frio de -15 graus.


Mas o vídeo abaixo é ainda mais chocante: mostra uma colônia de férias, na qual estudantes passam por treinamentos parecidos com os do exército durante o inverno. O vídeo não diz a idade deles, mas pela cara parecem ter uns 15 ou 16 anos.





Infelizmente, sempre que vejo um vídeo sobre a Coreia na mídia brasileira, noto a maneira desleixada como eles passam a informação. Geralmente escolhem algo bem exótico ou diferente, e fazem com que aquilo pareça ser algo comum ao país todo. Aconteceu com o SPTV, quando noticiou sobre alguns restaurantes coreanos que vendiam carne de cachorro em São Paulo e disseram que "na Coreia a carne de cachorro é uma iguaria muito apreciada e comum nas refeições do dia-a-dia dos coreanos".


Já no vídeo da BBC acima, a forçação de barra foi dizer que os meninos fazem aquilo "por livre e espontânea vontade". Rá! Duvideodó! Coreano é estranho, meu amigo, mas não é burro. Essa meninada quer é passar as férias no PC-bang jogando jogos de computador. Adolescente nenhum quer sair do seu conforto para congelar sem camisa na neve. Isso tá me cheirando a pais que querem punir seus filhos por algum motivo, ou simplesmente ensiná-los algo que acreditam ser bom para suas vidas.


Num país que vive uma "calma tensão" de conflito o tempo todo, dou um prêmio para quem encontrar um coreaninho que sonha em ser soldado no exército! ^_^