Estou falando da Lei de Murphy. "Mópi" é como os coreanos pronunciam. Então deixa eu explicar. Estou aqui em Suwon, cidade onde vou estudar a partir do próximo semestre. Alguns pensaram que seria Seul né? É quase. A Kyunghee tem dois campus (campi?), e meu curso fica no campus de Suwon. Mas é bem do lado, tanto que de metrô até a estação Sadang, no sul de Seul, leva 30 minutos.

Vim pra cá no sábado para procurar um lugar pra morar, porque não aguento viver mais em dormitório. Voltei na segunda com o Yosep, que me ajudou a escolher um "one-room" (kitnet) e a fechar o contrato. E vim de novo ontem, terça, para ir no Escritório da Imigração para renovar meu visto.

Onde entra a Lei de "Mópi" nisso? Vamos lá:

1. Saí de casa, esqueci um "detalhe" - meu passaporte - e tive que voltar. Estava chovendo.
2. Chego na estação de trem de Cheongju, e tinha acabado de passar o que eu tinha que pegar. 50 minutos de espera.
3. Da estação de Suwon, tinha que pegar um ônibus. Fiquei 20 minutos esperando no ponto errado. Rodei uns 20 minutos num calor úmido de uns 30 graus até achar.
4. Entrei no ônibus, que demorou muito mais que eu esperava. Desci no ponto errado.
5. Esqueci meu guarda-chuva no ônibus.
6. A chuva recomeçou.
7. Estava num lugar gigantesco, muito bonito. Procurei o tal prédio, cujo endereço achei na internet. Chegando lá, disseram que era apenas o Complexo Governamental da Província de Gyeonggi. Não tinha nada a ver com a Imigração de Suwon.
8. Voltei de metrô. Algum problema no sistema fez com que ele demorasse uns 20 minutos, quando era para passar a cada 7 minutos.
9. De volta à estação de Suwon, pedi informação, que nem a mulher do balcão escrito "Informações" soube dar.
10. Depois de muita procura, descobri o endereço certo. Cheguei às 16h30, peguei a senha 196, e ainda estavam atendendo a 150.
11. Fui atendido às 18h, para simplesmente me dizerem que faltava um documento dizendo que eu era bolsista do governo coreano. Na verdade, a Universidade de Cheongju emitiu uma carta com esse valor, mas disseram que teria que ser uma da Kyunghee.
12. Fui embora cabisbaixo. Deu fome. Abri minha mochila e peguei um "leite de banana" que tinha comprado, para descobrir que estava quente e estragado.

Resolvi então ir para Yeongtong-dong, que é onde vou morar a partir do dia 21, ao lado do campus da Kyunghee em Suwon. Achei melhor ficar aqui para ir à Kyunghee, pedir o tal documento e resolver isso hoje mesmo. Procurei um motel barato para passar noite, e finalmente algo de bom aconteceu. Pedi o quarto mais barato que eles tinham, cobraram no meu cartão, mas quando me levaram ao quarto descobriram que estava uma bagunça. E como não havia mais quartos vazios no momento, deixaram eu ficar numa suíte presidencial pelo mesmo preço! Uhuu! Depois de um dia de cão, alguma coisa boa tinha que acontecer!^^

Uma rua qualquer em Yeongtong-dong. Estou sem câmera, essa foto foi apenas achada na internet. Yeongtong-dong é um bairro novo, construído em 2003, com ares universitários (claro, tá do lado da universidade!).