Fomos a Busan ontem de manhã e voltamos hoje à tarde. Olha a foto da cidade, que maravilha!

No entanto, esta postagem é para deixar o leitor deste blog por dentro da nossa "maravilhosa vida tribulada" na Coreia nos últimos tempos. Refiro-me a nós, bolsistas do governo coreano selecionados em 2008.

O negócio é o seguinte: o governo da Coreia tem um plano até 2012, se não me engano, de trazer milhares de estudantes estrangeiros para estudar aqui. O objetivo é promover a cultura, a língua e o ensino superior da Coreia do Sul. Eles começaram com esse programa KGSP (Korean Government Scholarship Program) mais timidamente, trazendo poucos estudantes. Mas nós somos cobaias do "bum" que resolveram fazer, e viemos com outros cerca de 500 estudantes ano passado.

"Qual o problema?", você se pergunta. O problema, meu caro leitor, é que os quinhetinhos que vieram para terra dos norebangues (versão aportuguesada), estão divididos entre "unrestricted" e "designated". Ser um bolsista "unrestricted" significa que você pode se candidatar para QUALQUER universidade na Coreia e, ao ser aceito, o governo paga tudo. Mas se não for aceito em nenhuma universidade, bye-bye Korea! Isso mesmo. Perde a bolsa e volta com o rabinho entre as pernas. Ser um bolsista "designated" significa que você só pode escolher uma universidade da lista de 35 que o governo oferece, e a vantagem é que, mesmo que você não seja aceito em nenhuma delas, no final das contas eles te mandam pra algum canto da Coreia que vá com a sua cara, e lá você vai estudar, de um jeito ou de outro.

E o rapaz vestido de motorista de ônibus com jaqueta de couro ao lado (eu!) é um "designated".

"Nossa, graças a Deus que sou designated!" eu pensava no início. O problema é que ao todo somos 300 designated, espalharam exatamente 300 vagas pelo território coreano, mas 80% quer estudar em Seul, o que inclui euzinho aqui.

E daí?

E daí que estamos todos estressados, porque a concorrência tá cruel. Ninguém quer ir parar sozinho numa cidade dos cafundós da Coreia, por mais que digam que a cidade é moderna e tem de tudo.

O esquema funciona assim: temos que nos inscrever em 5 universidades da lista (veja abaixo), colocando a ordem da preferência. Se não der na primeira, porque há limite de vagas, vão tentar a segunda, terceira e aí vai.

Hoje, eu "apliquei" (acho que essa palavra vai acabar entrando pro dicionário de português oficialmente) na Universidade Kyung Hee, que tem dois campus (tá, o plural é campi, mas soa esquisito), um em Seul e outro em Suwon, que fica na região metropolitana de Seul, então dá quase na mesma. Tenho uma semana para decidir sobre o restante da lista, e como todos os outros, estou tentando pensar numa estratégia que não seja suicida.

Estou torcendo para não seja necessário usar o restante da lista, porque serei aceito na primeira opção. Mas não custa receber as orações e a torcida do povo do lado daí da bola né... hehe.

Aqui vai a lista de universidades (em ordem alfabética coreana), com o número de vagas. As que estão em negrito são as que ficam em Seul. Alguma sugestão? rsrs.

1. Kangwon National University (8)
2. Konkuk University (8)
3. Kyungpook National University (17)
4. Gyeong Sang National University (7)
5. Kyung Hee University (17)
6. Korea University (8)
7. Kongju National University (8)
8. Kookmin University (8)
9. Daegu University (13)
10. Dongseo University (4)
11. Dong-A University (4)
12. Myongji University (7)
13. Mokpo National University (4)
14. Pai Chai University (8)
15. Pukyong National University (4)
16. Sogang University (4)
17. Seoul National University (17)
18. Sungkyunkwan University (17)
19. Sookmyung Women's University (4)
20. Yonsei University (17)
21. Yeungnam University (8)
22. Woosuk University (4)
23. University of Ulsan (4)
24. Wonkwang University (8)
25. Ewha Woman's University (13)
26. Inha University (13)
27. Chonnam National University (13)
28. Chonbuk National University (8)
29. Chosun University (7)
30. Cheongju University (8)
31. Chungnam National University (7)
32. Korea University of Technology and Education (7)
33. Hanyang University (8)
34. Hongik University (4)
35. Korea Development Institute (4)

Além de tudo, para piorar a situação dos não-asiáticos que queimam 2 milhões de neurônios todo dia para aprender coreano, o NIIED ainda vai pesar as notas que tivemos no KLPT (prova de proficiência em coreano) para influenciar diretamente na seleção, ainda que o programa de mestrado ou doutorado seja 100% em inglês. Para os bolsistas que serão selecionados em 2009, parece que as regras vão mudar um pouco. Vai ter menos gente e menos designated. Não sei como vai ser a distribuição das vagas, mas espero que facilitem as coisas.

Página 2 da nossa viagem a Busan

Tirando o estresse geral por causa dessas incertezas passageiras, foi bom ir para Busan (de novo!). Serviram um jantar bacana com muuuitas opções de comida não-coreana, então comemos até estufar a veia da testa. Ficamos num hotel de frente pra praia e encontramos os amigos que só vemos nessas ocasiões estressantes. Por falar nos meus queridos amigos, hoje na hora do almoço lá estávamos eu, Gustavo, Briza e Emek sentados numa mesa da lanchonete da universidade anfitriã da feira em Busan, quando de repente chega um chinês com uma baita duma câmera pedindo para gravar algumas cenas com a gente. Eles adoram cara de ocidental. Tiram zilhões de fotos e usam nossa imagem para fazer propaganda (depois conto mais sobre minha experiência de modelo fotográfico aqui em Cheongju... rsrs).

Mas então, lá estávamos nós, conversando sobre a vida, e esse carinha tira o nosso sossego pra gravar nossa cara. E ainda abusou: pediu para fazermos caras e bocas. Até que o sujeito ficou sem-vergonha mesmo. Pediu para eu e a Briza fingirmos que somos namorados. Precisa de uma imagem romântica (sei lá pra quê!). Enquanto tava só "sentar mais perto", beleza. De repente o chinês safado pediu pra gente beijar! A Briza, coitada, ficou vermelha, cor-de-rosa, laranja abóbora... e disparou a rir de vergonha... hahaha.

Quem vier para a Coreia, prepare-se para os assédios. Principalmente se você for mulher loira ou homem narigudo... rsrs. (Aí Gustavo, essa postagem foi pra você parar de falar que não atualizo meu blog decentemente! hehe). Abraços!