Desculpem-me, fiéis leitores, mas o de prosa na coréia (propositalmente apenas com letras minúsculas) está passando por uma crise existencial e por isso seu único postador - este que vos fala - está demasiadamente preguiçoso para contar as novidades.

Mas semelhantemente ao Kimchi com Café, vou apenas deixar sinal de vida antes de uma supercompacta atualização dos últimos acontecimentos.

Esta postagem, especificamente é para deixar claro aos visitantes que aqui caem de paraquedas (com a reforma acho que o pára-quedas agora se escreve assim né?), que este blog não tem restrições etárias, e portanto não exibirá nenhuma imagem de nudez (feminina ou masculina).

O motivo do aviso é que já há bastante tempo que tenho um rastreador de visitantes (no canto direito), e que diz, quando o visitante chegou ao blog através do Google, o que o sujeito digitou para que encontrasse este link. O que mais me assusta é a quantidade de procuras por coreanos(as) pelados(as). Ontem alguém de Salvador chegou aqui porque digitou "coreana pelada" no Google. 2 horas mais tarde alguém do Rio de Janeiro chegou com a procura "coreanos pelados", e 3 horas depois um gaúcho entrou aqui procurando "fotos de mulheres peladas de santa vitoria do palmar".

Procuras como esta têm sido frequentes depois que postei sobre nossa viagem a Jeju-do e contei sobre o museu do sexo, onde tem muitas estátuas de gente pelada. E como no título eu dizia que Jeju-do é a antípoda de Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul, o sábio Google deduz que o fato de duas palavras se encontrarem no mesmo texto já diz tudo. Espero que os caras da Linguística Computacional (né, Juliano?) trabalhem mais pesado para deixar o Google mais espertinho.

Se você é um desses que chegou aqui procurando coreanos pelados, deixa eu te dizer uma coisa. No vestiário masculino do lugar onde faço natação tem dezenas deles. Posso lhe garantir que o fato de você não ter encontrado aqui as fotos que queria é uma dádiva de Deus. Você não está perdendo nada, meu amigo. Vai procurar algo mais útil no Google, vai.

Bom, desabafei mas não contei nada de interessante. E sei que com mais uma postagem falando tanto sobre coreanos ou gaúchos pelados, o número de visitantes procurando tal coisa vai só aumentar. Fazer o quê?

Até a próxima, pe-pe-pessoal!