Pois é, amanhã começa um novo ano na Coréia* de acordo com o calendário lunar. Como antigamente esse era o calendário que se seguia, as tradições ligadas a ele ainda são relativamente fortes. Os mais velhos geralmente comemoram seus aniversários por esse calendário, o que, na minha cabeça, gera uma confusão danada. Diz a Briza que nunca sabe quando é o aniversário da sogra dela, porque a cada ano cai numa data diferente. E esquecer aniversário de sogra... ai ai ai.

Então, amanhã começa o Ano do Touro. Não me pergunte de onde vêm os bichos para dar nomes aos anos, porque ainda não me explicaram tal detalhe.

No Ano Novo Lunar (ou Seollal 설날), as famílias normalmente se reúnem e comem tteok-guk (떡국), que é uma sopa com bolinhos de arroz. Mas não são bolinhos de arroz deliciosos como os da minha mãe e da minha vó. São uns bolinhos que parecem massinha compactada, e que se não tiver uma coca-cola ao lado pra ajudar pode matar o sujeito engasgado. Neste dia rola também uma barganha dos pais com os filhos: dão alguns trocados e impõem algumas condições para o ano que inicia. Além disso, joga-se um jogo chamado "Yutnoli", que é basicamente um jogo de tabuleiro que usa quatro tocos de madeira em vez de dados. A nossa professora ensinou a gente a jogar um dia na aula, mas não vou explicar as regras porque são meio complicadas (e porque não tenho certeza se lembro!). Segue um vídeo que fiz no dia em que jogamos o tal jogo na sala de aula. Só não dá pra entender nada de nada, porque só montei as cenas de cada um jogando os toquinhos.


Aqui pra gente não vai ter nada no Seollal, porque estamos abandonados no dormitório. O campus parece cidade fantasma! Todo mundo de férias. Ainda bem que somos solidários uns com os outros aqui, e nenhum estrangeiro fica entediado. Hoje, por exemplo, como não tinha nada pra fazer, fomos todos para o pátio fazer guerra de neve (deve ser a vigésima). O pessoal adora pegar o Alex, que diz que neve no rosto não vale, é desleal. Adivinha onde o pessoal mira quando joga nele?

Aproveitamos e fizemos nosso "nun-saram" (눈사람), ou boneco de neve. Fica aí a foto e já me despeço. 새해 복 많이 받으세요! (다시)

*Ainda não senti no meu coração o desejo ardente de escrever "Coreia" em vez de "Coréia". A reforma ortográfica já está em vigor, mas até 2011 podemos usar as duas. Até lá vou pedir a Deus que me dê forças para me acostumar com isso.