Você provavelmente já conhece os verbos 있다 (itta) e 없다 (eoptta). Se não conhece, eles significam "ter" e "não ter", respectivamente. Pois bem, alguns adjetivos em coreano usaram um pouco do sentido de 있다 e 없다, portanto é mais fácil memorizar. Vamos ver alguns exemplos:

재미있다 (jaemi-itta): significa "engraçado" ou "divertido". Literalmente seria algo como "ter graça". E conjugado informalmente fica 재미있어 (jaemi-isseo) e formalmente 재미있어요 (jaemi-isseoyo).

재미업다 (jaemi-eoptta): é o oposto do adjetivo acima, portanto quer dizer "sem graça" (bem próximo do sentido literal, que é "não ter graça"). Conjugado informalmente fica 재미없어 (jaemi-eopseo) e formalmente 재미없어요 (jaemi-eopseoyo).

맛있다 (masitta): quer dizer "gostoso" (só para comida ou bebida, hein!). Literalmente significa "ter gosto". Conjugado informalmente fica 맛있어 (masisseo) e formalmente 맛있어요 (masisseoyo).

맛없다 (madeoptta): é o oposto de 맛있다, portanto "ruim" (só para comida ou bebida). Literalmente seria "não ter gosto". Conjugado informalmente fica 맛없어 (madeopseo) e formalmente 맛없어요 (madeopseoyo).

Em relação à pronúncia, tenho recebido muitas perguntas sobre o  no final da sílaba. Afinal, por que é que esse "s" às vezes vira "t" ou "d"? Bem, a regra geral é: Se o está no final da sílaba, pura e simplesmente, ele é pronunciado como "t". Se o som seguinte da próxima sílaba for uma vogal, aí ele volta a soar como "s", como no caso de 맛있어 (masisseo). Maaaaasss, em alguns casos esse maldito tem um comportamento muito irregular, e sem explicação muito lógica ele decide manter o som de "t" ou "d", como no caso de 맛없어 (madeopseo). Repare nessa mesma palavra o primeiro ㅅ tem som de "d" e o segundo tem som de "s". Pois é, o coreano também tem das suas peripécias. Por isso, fiquem atentos quando virem uma palavra com ㅅ no final da sílaba, e prestem atenção à pronúncia.

Abraços e espero que comam algo bem 맛있어 hoje :)